+55 (11) 94062-7019 Atendimento@marcocassol.com.br
Escolha uma Página
Silicone pelo Umbigo, Aréola, Axila ou Abaixo da Mama

Silicone pelo Umbigo, Aréola, Axila ou Abaixo da Mama

A cirurgia de prótese de silicone nos seios é muito popular entre o público feminino no mundo inteiro, e muito disso se deve ao fato dessa cirurgia ser cada vez mais segura e apresentar sempre novas técnicas para serem realizadas com segurança – assim como  as próteses que oferecem mais conforto e procedimentos mais rápidos e seguros.

Uma coisa que poucas mulheres sabem é que, além da escolha do tamanho do silicone que será implantado nos seios, também é preciso decidir qual será o método utilizado para a realização da incisão da prótese de silicone.

 

amostra da incisão pelo umbigo

Silicone Pelo Umbigo

 

A incisão do silicone pelo umbigo, conhecida como a técnica umbilical, por exemplo, não é muito comum no Brasil, apesar de ser bastante conhecida no USA. Nesse método uma incisão do silicone é colocada na margem do umbigo e, com a ajuda de um endoscópio, são feitos túneis de dissecção que atingem a região mamária, que é descolada para que sejam colocados os implantes.

Porém, o método é realizado apenas para a colocação de próteses de silicone infláveis preenchidas com soro ­fisiológico, e essas muitas vezes não adquirem a mesma consistência da prótese preenchida com gel de silicone. A vantagem dessa forma de operação é que ela pode ser feita em conjunto com a cirurgia de abdominoplastia,  com o benefício de não deixar cicatrizes visíveis nos seios.

 

cicatrizes de incisão periareolar

 

Silicone Pela Aréola 

Outra forma de realizar a cirurgia de implante de silicone é por meio do método Periareolar Inferior, chamado também de “incisão de webster”, que consiste em fazer o procedimento pela aréola. Esse método é ideal para mulheres que precisam de ajustes na reposição superior das aréolas ou em uma mastopexia (quando se deseja elevar as aréolas).

Para Quem é Indicado?

A incisão periareolar,  são indicadas para as pacientes que precisam ter uma aréola de tamanho adequado, – ou seja, não muito pequena, – já que é preciso que a incisão tenha um tamanho adequado. A vantagem desse método é que as cicatrizes ficam quase imperceptíveis, principalmente em mulheres que possuem pouca pigmentação areolar. Além disso, nessa técnica abre-se somente o espaço necessário para caber a prótese, não havendo risco de deslocamentos do implante posteriormente.

Silicone Pela Aréola Pode Amamentar?

 

  • Algumas pacientes podem perder um pouco da sensibilidade nessa região, devido ao corte nos nervos em torno da aréola 
  • Algumas pacientes poderão ter dificuldade na amamentação, com a possibilidade de corte de ductos mamários onde transportam o leite materno

Cicatriz Periareolar: 

A cicatriz de silicone pela aréola fica localizada exatamente no contorno do mamilo (na linha de transição de cor entre a mama e a aréola) e por isso torna-se praticamente invisível. A incisão do silicone pela aréola, será necessário o médico avaliar as condições do biotipo da paciente. 

 

tipos de cicatrizes de silicone

 

Prótese de Silicone e a Incisão Inframamária

Um dos métodos mais utilizado na cirurgia de prótese, é a incisão feita pelo sulco inframamário, já que essa é a região que proporciona a melhor visualização da parte interna da mama e, com isso, traz uma maior facilidade cirúrgica. Nesse caso, é feita a incisão por baixo da mama, na prega infra-mamária, essa é a forma de cirurgia preferida dos cirurgiões plásticos. Muitas vezes esse é o método preferido para introdução de prótese de silicone em gel, já que a incisão é mais favorável por proporcional um acesso maior à área desejada.

 

Para Quem é Indicado?

A vantagem dessa forma de procedimento é que a cicatriz é bem pequena e fica localizada abaixo do sulco mamário, sem mexer nas aréolas. Além disso, por ser uma técnica que agride pouco o tecido mamário, ela não alterna o funcionamento das mamas, ou seja, não interfere em uma futura amamentação. Porém, também existem contra-indicações: pacientes com tendência a queloide, manchas e seios muito pequenos, que não formam o sulco inferior. 

Cicatriz Inframamária:

Garantir o volume máximo dos seios com cicatrizes muito discreta e disfarçada é o objetivo de todo cirurgião plástico. Para isso, na mamoplastia de aumento, o cirurgião geralmente utiliza de uma técnica que permite um corte bem pequeno e bem posicionado, que fica discreto mesmo quando a mama é exposta. 

O cirurgião introduz a prótese de silicone por meio desse pequeno corte e a posiciona no espaço localizado entre a glândula mamária e o músculo, na maioria das vezes. 

 

Silicone pela Axila

O outro procedimento é o axilar, que, como o próprio nome sugere, é realizado por meio da axila. Essa técnica faz a incisão na região axilar. A partir dali, são feitos túneis de dissecção para região medial, preparando o espaço suficiente para a colocação dos implantes mamários.

Para Quem é Indicado?

Ressaltando que não cabe a paciente escolher ou sugerir o método que será utilizado – isso é papel do profissional, que deve fazer uma avaliação completa da situação e optar pela melhor solução em cada caso. Cada paciente possuí um tipo físico diferente, e é a partir disso o cirurgião analisa qual será o melhor método para cada pessoa, assim como o tamanho de prótese que será utilizado.

Cicatriz Axilar:

Porém, essa não é um procedimento muito utilizado, já que quando a paciente levanta os braços, é possível perceber a presença de cicatriz do implante de prótese. Além de ser um método mais complicado, pois a distância da mama dificulta a visualização e possibilita maior sangramento e hematomas, além de ter maior incidência de assimetria e de infecções.

 

VEJA TAMBÉM:

Tipos de Prótese de Silicone – Do Tradicional ao de Chip

Clínica para Cirurgia de Prótese de Silicone

É fundamental que a clínica para realizar a sua avaliação de cirurgia de prótese de silicone, seja registrada na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), e tenha toda a estrutura hospitalar para a realização da mesma.

Porém, no caso das cirurgias de prótese de silicone devem ser realizadas em hospitais de convênio com o Cirurgião Plástico, oferecendo toda segurança para a paciente. 

 

Agende uma avaliação para sua Cirurgia de Prótese de Silicone em SP com o Dr. Marco Cassol e saiba mais sobre esses cuidados oferecidos pelo cirurgião plástico com mais de 15 anos de experiência.

prótese de silicone em sp

 

Prótese de Silicone – Qual é a diferença entre reconstrutiva e estética?

Prótese de Silicone – Qual é a diferença entre reconstrutiva e estética?

 

Todos os anos, o número de pacientes que desejam mudar sua aparência e passar por uma consulta com um cirurgião plástico está aumentando constantemente. Todos os dias somos abordados com uma variedade de questões, como preservar a juventude e a beleza.

Ao mesmo tempo, os cirurgiões estão cada vez mais realizando cirurgias plásticas, que para muitas são uma necessidade médica, onde a questão não é melhorar a aparência, mas restaurá-la. O campo da cirurgia plástica em Prótese de Silicone pode ser dividido em duas categorias principais – cirurgia estética e reconstrutiva.

Qual é a diferença entre esses procedimentos cirúrgicos em Implante de Prótese de Silicone?

 

Cirurgia plástica reconstrutiva é realizada para restaurar a função e aparência normal, para corrigir deformidades causadas por defeitos congênitos, lesões ou doenças. A cirurgia reconstrutiva ou reconstrutiva permite alterar a forma das partes do corpo com alterações patológicas.

Exemplos de tais operações são a restauração da forma, dissecada após uma lesão, lábios ou reconstrução da glândula mamária, que foi removida devido ao câncer. Essas operações são realizadas por cirurgiões reconstrutivos, não por cirurgiões estéticos.

Muitas vezes a operação envolve uma combinação de técnicas reconstrutivas e estéticas de execução de operações. Em tais casos, o cirurgião restaura inicialmente a função normal do órgão.

Um exemplo básico é a rinoplastia, em que rino se refere à correção da forma do nariz e à restauração da função respiratória do septo.

Independentemente da operação planejada, é muito importante que você faça um exame completo em uma clínica especializada e discuta o resultado estético esperado com o cirurgião plástico. 

Prótese de Silicone – Cirurgia da Mama – Aumento dos Seios – Quanto Custa?

Laser Vaginal – Aumenta a lubrificação, diminui a flacidez e auxilia na incontinência urinária

Laser Vaginal – Aumenta a lubrificação, diminui a flacidez e auxilia na incontinência urinária

O rejuvenescimento vaginal a laser, um procedimento bastante comum em outros países, estimula a produção de colágeno na mucosa vaginal, restabelecendo a estrutura, a firmeza e a elasticidade dos tecidos na região feminina.

A vagina pode perder colágeno ou aperto devido ao parto, envelhecimento ou gravidade. Chamamos de Síndrome de Relaxamento Vaginal (VRS), é um problema físico e psicológico para as mulheres e, muitas vezes, para os seus parceiros.

Essas alterações podem ser reduzidas pelo uso de um laser especial que é calibrado para trabalhar nos tecidos vaginais. Ao fornecer a quantidade certa de energia laser, o colágeno nos tecidos vaginais é aumentado, assim como o fluxo sanguíneo. Isso cria uma maior sensação de aperto, bem como um aumento na lubrificação vaginal.

laser vaginal antes e depois

rejuvenescimento vaginal a laser é um procedimento ginecológico plástico que envolve a restauração e transformação da anatomia e funcionalidade anatômica da vagina, a fim de alcançar uma experiência mais desejável durante a vida sexual. Durante o procedimento, o diâmetro do canal vaginal é ajustado de acordo com as necessidades do paciente e impacto ambiental ou físico anterior. O procedimento também restaura, aperta e melhora o tônus ​​geral das paredes vaginais e pode melhorar a funcionalidade anatômica.

A fim de satisfazer as necessidades de cada paciente, uma consulta individualizada e atenção é realizada antes da intervenção cirúrgica.
É também um procedimento adicional que é realizado usando uma tecnologia de laser para criar cristas vaginais (rugas) na mucosa vaginal. Além da transformação da superfície vaginal, também resulta em estreitamento do canal vaginal.

 

.…………………………………………….
Laser Vaginal – rejuvenescimento vaginal

Leia Também :

 

 Laser Vaginal – Os Sintomas:

Os sintomas de frouxidão vaginal podem ser causados ​​por lesões causadas por uma variedade de causas e não apenas pelo parto. A vagina se alonga com o tempo e, dependendo da causa subjacente, diferentes terapias são necessárias. A vaginoplastia ou o endurecimento cirúrgico do canal vaginal e a perineoplastia proporcionarão um efeito mais definitivo e duradouro, restaurando a musculatura e a pele, mas com tempo ocioso.

O aperto vaginal a laser provoca o aperto da pele vaginal, que é comum. Terapias como o Laser Fracionado Híbrido com DiVa é uma ótima maneira de restaurar o aperto normal e a função do canal vaginal em alguém sem alongamento muscular significativo. Essencialmente, não há tempo de inatividade, exceto para evitar sexo por 2 dias. O laser DiVa Hybrid combina dois comprimentos de onda para ter um efeito duplo de aquecimento de tecidos mais profundos para restaurar maior sensibilidade, lubrificação e elasticidade, ao mesmo tempo em que também engrossa a camada superficial para aumentar a fricção e, consequentemente, melhorar a resposta sexual.

Dependendo do seu exame físico, você pode se beneficiar de um sobre o outro. É importante que você encontre um médico especializado em cirurgia reconstrutiva e estética vaginal para garantir os melhores resultados para você.

 

O Laser Vaginal serve apenas para mulheres na menopausa?

Não é verdade. Mulheres a partir de 35 anos já podem se submeter ao tratamento de rejuvenescimento vaginal, com o passar do tempo — principalmente a partir dos 30 anos —, o organismo diminui consideravelmente a produção de colágeno na mucosa vaginal, proteína responsável por garantir a estrutura e a firmeza dos tecidos na região feminina. A redução pode causar, entre outras coisas, a perda do tônus e da lubrificação vaginal, abalando a vida sexual das mulheres.

 

Os Benefícios do Laser Vaginal

  • procedimento livre de dor de remodelação vaginal de colágeno
  • Procedimento de pausa para almoço na clínica de ginecologia (10-15 min)
  • Escopo de digitalização de 360 ​​°, procedimento fácil de executar e seguro
  • Resultados eficientes e duradouros
  • Não há necessidade de anestésicos 
  • Melhora a secura vaginal e a incontinência urinária 

 

Normalmente são recomendadas 3-5 sessões. Nenhuma preparação especial pré-operatória ou precauções pós-operatórias são necessárias. Cada um envolve a aplicação de calor dentro e ao redor da abertura vaginal para apertar a pele e a mucosa (pele úmida intra vaginal). As pacientes podem retornar imediatamente às suas atividades diárias normais.

 

Recomendações

A paciente que vai realizar o tratamento laser vaginal deverá está em dia com sua revisão ginecológica nos últimos 12 meses, para rastreio de câncer de colo de útero ou vagina.

Deve-se interromper o uso de cremes ou óvulos vaginais na semana anterior ao tratamento e não pode haver infecção aguda ou recente, especialmente de herpes genital.

 

Vaginoplastia – Cirurgia Íntima Feminina

Vaginoplastia – Cirurgia Íntima Feminina

A vaginoplastia é um procedimento cirúrgico popular em que as paredes vaginais e a abertura vaginal são reforçadas para dar firmeza e tonificação ao corpo. Muitas mulheres experimentam uma perda natural de tensão e tônus ​​devido à idade, parto, alterações hormonais ou devido a defeitos congênitos.

Como uma opção de cirurgia íntima – reconstrutiva, a vaginoplastia também é muitas vezes referida como “rejuvenescimento vaginal” e vem crescendo em popularidade nos últimos anos. Com os músculos vaginais enfraquecidos, vem o desconforto físico, a insegurança emocional, o desprazer e até a dor durante o ato sexual e a sensação de perda da feminilidade. Para os milhões de mulheres submetidas a cirurgia plastica na vagina.

 

Autoestima através da vaginoplastia

Embora seja fácil sugerir que as mulheres devam se sentir confiantes com seus corpos, mesmo com as mudanças que sofrem com a idade e o parto, muitas mulheres sentem-se significativamente menos confiantes em si mesmas e em seus corpos devido à perda de tônus ​​e firmeza abaixo.

A vaginoplastia ajudou a aumentar a confiança e a auto-estima em inúmeras mulheres que se sentem menos confortáveis ​​com as mudanças que seu corpo sofreu ao longo dos anos, ajudando-as a se sentirem mais femininas e jovens. Muitas mulheres se sentem “quebradas” ou “menos do que” e não confiam em sua sexualidade, mas através do processo de rejuvenescimento da vaginoplastia, o que foi perdido é frequentemente recuperado.


 

Cura do desconforto após cirurgia íntima

Muitas mulheres que procuram a cirurgia plastica na vagina – vaginoplastia, sentem alguma dor e desconforto durante a intimidade e se submetem ao procedimento para ajudar a corrigir os danos às paredes vaginais. A flacidez da pele e os músculos esticados podem tornar o ato doloroso de ser íntimo e a vaginoplastia restaura o controle e a estrutura.

Se você tiver interesse em saber mais sobre os benefícios e possíveis riscos associados a esse procedimento popular, convidamos você a agendar uma consulta com o Dr. Marco Cassol para saber mais. Você não precisa viver com a insegurança e o desconforto das paredes vaginais danificadas e soltas. Uma cirurgia de vaginoplastia pode ajudá-lo a sentir-se novamente e mais confortável em sua própria pele.

 

Recupere uma vagina apertada e uma confiança sexual renovada

Além de sentirem-se envergonhadas, muitas mulheres não percebem que há uma solução cirúrgica – o rejuvenescimento vaginal  – Dr. Marco Cassol está disponível para ajudar as mulheres a recuperar o aperto vaginal, o prazer sexual e uma vagina mais jovem.

“A perda do aperto vaginal com diminuição da gratificação sexual é incrivelmente comum, especialmente para mulheres que tiveram partos difíceis ou múltiplos. É uma condição que qualquer mulher deve se sentir à vontade para discutir com seu médico, porque há opções e tratamento médico eficaz está disponível ”, diz o Dr. Marco Cassol.

 

Os benefícios da vaginoplastia

Uma das maiores perdas que as mulheres sentem quando suas paredes vaginais enfraquecem é uma perda de prazer e sensibilidade sexual. Elas também se sentem constrangidos sobre como o parceiro está desfrutando de intimidade e temem que as paredes vaginais mais frouxas possam tornar a experiência menos prazerosa para ambas as partes.

Uma vaginoplastia pode ajudar a restaurar a sensibilidade perdida apertando os músculos e ajudando a restaurar os prazeres da intimidade mais uma vez.

  • Experimente um olhar mais jovem na área vaginal
  • Melhore o Tônus, Força e Controle Muscular Vaginal
  • Sinta-se melhor gratificação sexual e maior atrito durante o intercurso
  • Rápida recuperação!
  • Procedimentos individuais levam apenas 1-2 hora
  • Riscos na Cirurgia de vaginoplastia são Extremamente Raros e são vistos em menos de 1% dos casos

 

Sintomas típicos de mulheres que optam pelo rejuvenescimento vaginal?

Mulheres que buscam o rejuvenescimento vaginal para lidar com o relaxamento vaginal podem se queixar de:

  • Sensação diminuída e estimulação durante o intercurso
  • Vagina solta com tônus ​​muscular mínimo
  • Abertura vaginal dolorosa aparência desagradável
  • Seu parceiro escapando durante o ato sexual
  • Tampons caindo
  • A vagina produz sons embaraçosos “gasosos” durante a relação sexual ou um ruído de “estalo” durante a caminhada
  • Tecido saliente de sua vagina Problemas de obstrução dos movimentos do intestino
  • Tecido lesionado ao redor da vagina

 

Que tipos de anestesia são usadas?

O rejuvenescimento vaginal é realizado com anestesia geral fornecida por um anestesista licenciado certificado pelo conselho médico.

Como é a recuperação após o rejuvenescimento vaginal?

Durante as primeiras 24-48 horas após a cirurgia, os pacientes devem colocar compressas de gelo ou ervilhas congeladas em suas incisões para minimizar o inchaço e hematomas. As tarefas de rotina são encorajadas desde que não haja irritação ou pressão nos locais da incisão e o levantamento pesado deve ser evitado.

Roupas soltas e roupas íntimas de algodão “calcinhas de vovó” são obrigatórias. Às 72 horas, você pode retomar as atividades regulares, certificando-se de que há um mínimo de atrito nas incisões. Os pacientes podem dirigir após 2 dias, desde que não estejam tomando narcóticos.

As pacientes podem retornar ao trabalho dentro de 4 dias contanto que a atividade física rigorosa seja evitada, embora uma semana de folga seja ideal. Durante a recuperação de 6 semanas, os pacientes estão em repouso pélvico (sem relações sexuais ou tampões) e devem evitar banheiras / banheiras de hidromassagem ou nadar no lago ou oceano. Exercício rigoroso, ciclismo.

Quão cedo posso fazer sexo após a cirurgia?

O correto é que você se abstenha de relações sexuais e masturbação por 6 semanas para garantir os melhores resultados estéticos e funcionais.

O rejuvenescimento vaginal melhorará minha vida sexual?

O objetivo do rejuvenescimento vaginal é apertar a vagina para aumentar o atrito, resultando em maior estimulação durante a relação sexual. A vida sexual de um paciente também pode ser aumentada por sua autoconfiança aumentada e o aumento da libido resultante.

Dois estudos científicos foram publicados recentemente para abordar esta questão.

Estes estudos concluíram que 83% a 90% dos pacientes com rejuvenescimento vaginal apresentam resultados bem-sucedidos com uma melhora da vida sexual após a cirurgia. Embora nenhuma cirurgia tenha uma taxa de sucesso de 100%.

Quanto tempo vai demorar para eu conseguir meus resultados finais?

Resultados finais da vaginoplastia são tipicamente apreciados 4-6 meses após a cirurgia. Na consulta de apuramento de 6 semanas, os pontos devem ser dissolvidos e os pacientes são liberados para retomar as atividades regulares.

 

Entrevistas – Cirurgias Plástica e Procedimentos Estéticos

 

Cirurgia da palpebra Programa Vc Bonita. Marco Cassol Cirurgia Plástica
Programa Super Pop – Luciana Gimenez. Marco Cassol Cirurgia Plástica
Orientações sobre enxerto de gordura no bumbum no programa da Luciana Gimenez
Programa Luciana Gimenez em 01/12/14 primeira parte. Marco Cassol Cirurgia Plástica
Programa Luciana Gimenez em 01/12/14 segunda parte. Marco Cassol Cirurgia Plástica
Luciana Gimenez – Super pop. Como seria possivel implantar terceiro seio?
Orientações sobre Síndrome Dismorfica no Super Pop com Luciana Gimenez.
Cirurgião Plástico especialista em cirurgia da face.Programa Você Bonita TV Gazeta – Barriga: quando a intervenção cirúrgica é necessária? (24/09/2014)
Programa Consulta ao Doutor. Orientações sobre Bulling e Plástica na infância.
Blefaroplastia no Programa Você Bonita da TV Gazeta. Marco Cassol Cirurgia Plástica
Marco Cassol Cirurgia Plástica. Uso de preenchedores no Programa Você Bonita da TV Gazeta
Cirurgião Plástico especialista em cirurgia da face. Video do programa A Tarde é Show da Rede Brasil em 29/10/14 sobre cicatrização e tratamentos de cicatriz
Cirurgião Plástico especialista em cirurgia da face. Dica do dia do Programa Você Bonita da TV gazeta com Carol Minhoto.
Cirurgião Plástico especialista em cirurgia da face. Entrevistas no Jornal da TV Cultura sobre o exageros da cirurgia plástica.
Cirurgião Plástico especialista em cirurgia da face. Rede Brasil – A Tarde é Show 27/01/2015 com Nani Venâncio orientando sobre cirurgia plastica.
 Cirurgião Plástico especialista em cirurgia da face.O cirurgião plástico Marco Cassol comenta alguns dos desejos de mudança do corpo mais estranhos pedidos por pacientes, entre eles, os que pretendem se tornar ‘sósias’ de famosos.
Cirurgião Plástico especialista em cirurgia da face. O cirurgião plástico Marco Cassol explica que pessoas que vivem em busca de uma aparência ‘perfeita’ e que nunca estão satisfeitas com o próprio corpo podem sofrer de síndrome dismórfica.
Cirurgião Plástico especialista em cirurgia da face. Programa A Tarde é Show com Nani Venâncio sobre redução de bochecha ou bichectomia.
Orientações sobre bioplastia no Programa Super Pop. Marco Cassol Cirurgia Plástica
Dica do dia Programa Você Bonita TV Gazeta. Marco Cassol Cirurgia Plástica
Cirurgião Plástico especialista em cirurgia da face no Programa Você Bonita TV Gazeta.
Você Bonita – Hábitos de vida que vão falar pelo seu futuro (06/08/14)

RIT TV – Consulta ao Doutor 26.03.2014 – Entrevista com o Dr. Marco Cassol sobre defeitos na face

Cirurgia Plástica e exercício.

Programa A Tarde é Sua. Orientações sobre o uso de preenchimento. Marco Cassol Cirurgia Plástica
Programa A Tarde é Sua na REDE TV com Sônia Abraão

 

Botox Definitivo ou Miectomia do Músculo

A paralisia dos músculos da face (pelo uso do da toxina botulínica) é temporária.

A realização do Botox Cirúrgico ou miectomia do músculo orbicular do olho é permanente, mas absolutamente natural (ocorre apenas uma atenuação permanente da musculatura e não uma paralisação total do músculo).

Além de ser bastante simples, a cirurgia elimina os pés-de-galinha sem estabelecer um tempo para retocar a região. Tanto que a operação ganhou o apelido de “botox definitivo”.

A toxina botulínica, conhecida como Botox, tem um tempo curto de duração de quatro a seis meses. A cirurgia pode durar por muitos anos.

Vale ressaltar que a miectomia não é feita isoladamente. A operação é realizada em conjunto com um lifting facial.

A técnica é ainda uma saída para pessoas que, depois de determinado período, não conseguem mais ter resposta satisfatória com a toxina (o corpo fabrica anticorpos contra a toxina botulínica e, nestes casos, em até 2 meses o músculo volta a contrair e reaparecem as rugas).

A miectomia é feita na chamada musculatura orbicular dos olhos (local dos pés-de-galinha).

As rugas se formam pela diminuição do tecido subcutâneo das regiões onde existe uma atividade muscular muito intensa (como na região dos olhos).

Este afinamento do tecido embaixo da pele proporciona a visualização da contração do músculo. Isto são as rugas. Quando retiramos parte do músculo, ocorre uma atenuação destas rugas.

Por essa razão, apesar do nome complicado, a miectomia é uma técnica bem fácil de entender. Ela consiste na remoção de parte do músculo que circunda toda pálpebra inferior e superior lateralmente.

Para acabar com os “pés de galinha”, fazemos um corte junto a parte anterior do pavilhão auricular. A pele é descolada e os músculos ficam aparentes. Um pequeno e fino pedaço do músculo ao lado do olho é retirado.

A cirurgia pode ser feita por homens e mulheres que desejem atenuar as rugas e conta com anestesia local e sedação. No pós-operatório, o paciente percebe um inchaço variável que começa a atenuar em uma semana e, durante esse período, deve evitar a exposição ao sol.

O paciente recebe alta no mesmo dia.

Uma das maiores preocupações entre os que se submetem à toxina botulínica é sobre o risco de ficar com a aparência “plastificada”.

A perda total das expressões – ou a impossibilidade de manifestar sensações como a tristeza ou a indignação – é uma das maiores reclamações entre quem usa exageradamente a toxina botulínica.

Mas e quanto à miectomia?

Este efeito nunca ocorre. A miectomia proporciona um resultado mais natural do que o Botox. São retiradas porções do músculo e não todo músculo.

A contração da musculatura permanece e o efeito é mais natural. Com este procedimento é possível um resultado superior ao da toxina botulínica, com durabilidade definitiva e sem o risco da aparência “plastificada”

 

[ratingwidget_toprated type=”posts” created_in=”all_time” direction=”ltr” max_items=”3″ min_votes=”1″ order=”DESC” order_by=”avgrate”]

×
Olá!
Gostaria de tirar alguma dúvida com o Dr. Marco??
EnglishFrenchGermanItalianPortugueseSpanish