Especialista em Lipoaspiração na cidade de São Paulo

Lipoaspiração: Tudo que você precisa saber

Confira abaixo um vídeo resumido, onde o Dr Marco Cassol, que é especialista em lipoaspiração na cidade de São Paulo fala sobre o assunto em seu canal no YouTube:

A Lipoaspiração é uma cirurgia plástica que tem como objetivo a retirada do excesso de gordura localizada em determinadas áreas do corpo como barriga, coxas, flancos e/ou costas, com finalidade estética aprimorando os contornos do corpo de acordo com o objetivo do paciente.

            Por seu caráter estético, que auxilia pacientes que não possuem um corpo bem delineado a alcançar esse padrão desejado, a Lipoaspiração ocupa o 2° lugar no ranking das cirurgias mais feitas no mundo e o 1° lugar no ranking das cirurgias mais feitas no Brasil. Apesar do iminente sucesso dessa cirurgia plástica, devido a grande exposição na mídia quando acontecer um óbito, algumas pessoas tem interesse no procedimento, mas ficam receosas ao buscar pela lipoaspiração.

            Com relação a isso, primeiramente, devemos ressaltar que toda e qualquer cirurgia, por menor que ela seja, oferece risco ao paciente. Com a Lipoaspiração funciona da mesma forma. Ademais, estima-se que o número de mortes nesse procedimento seja 19 para cada 100 mil, embora seja um número alarmante, é bastante inferior ao que parece quando acompanhamos a mídia. Nesse sentido, é importante salientar que os riscos estão relacionados, principalmente, com as clínicas sem suporte e médicos sem preparo buscadas pelos pacientes. Um preço mais atrativo pode colocar a vida do paciente em risco.

            Continue a leitura e iremos te mostrar como realizar a cirurgia da forma mais segura possível e alcançar a silhueta dos sonhos através da Lipoaspiração.

Como encontrar um bom profissional para a Lipoaspiração na cidade de São Paulo?

mulher em duvida

            Por se tratar de uma cirurgia delicada e invasiva, o mais importante na sua jornada em prol do procedimento é buscar um cirurgião responsável e experiente. Esse médico irá verificar todas as condições do paciente e usar a ética e a responsabilidade profissional, assim, em caso de riscos na cirurgia, apontará os riscos possíveis da cirurgia e se paciente realmente pode passar pela cirurgia.

            Para checar a confiabilidade do cirurgião é necessário verificar o registro no Conselho Federal de Medicina (CFM), se ele/ela é membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) e averiguar se o hospital/clínica possui creditação para realizar cirurgias de médio porte.

Em São Paulo existem vários hospitais exclusivos para cirurgia plástica com toda segurança. O paciente deve buscar indicações de amigos ou pessoas de confiança para ter alguma base de por onde começar a pesquisar, também é interessante conversar pessoalmente com o cirurgião para conhecer a clínica, para que ele explique melhor sobre o procedimento e fale um pouco sobre a sua trajetória enquanto médico cirurgião, estas também são formas se sentir mais seguro/a com relação ao procedimento.

Qual a média de valor de uma Lipoaspiração na cidade de São Paulo?

O Conselho Federal de Medicina (CFM) e a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) entendem que o valor de uma cirurgia plástica pode variar de acordo com diversas situações sociais, geográficas e econômicas o qual estão inseridas, portanto, não pode ser definido de modo leviano na internet. De acordo com o Artigo 9° da CFM e da SBCP, “Nenhum associado da SBCP, nem mesmo a SBCP poderá divulgar preços e/ou condições de pagamento em internet, material publicitário ou imprensa leiga (rádio, televisão, jornais, revistas, etc.)”.

Por essa razão, em caso de interesse do cliente, o mesmo deve entrar em contato com as suas clínicas de confiança e fazer o orçamento pessoalmente.

Quem pode fazer a Lipoaspiração e como funciona a avaliação?

aferindo pressão para lipoaspiração

            Homens e mulheres que desejam reduzir suas medidas podem buscar a Lipoaspiração, no entanto, a cirurgia não contribui para o emagrecimento, ela auxilia com a remoção de gordura localizada, portanto, pessoas com peso acima do IMC ideal, com sobrepeso ou obesidade não devem procurar esse procedimento visando perda peso.

            Além disso, há pré-requisitos para que o paciente esteja apto para a cirurgia. São estes:

  • Pacientes com uma boa saúde ou quadro estável de alguma doença crônica (variando de acordo com cada caso e podendo ser definido somente pelo cirurgião);
  • Pacientes que, mesmo após esforços físicos por meio de exercícios físicos e dietas, não conseguiram eliminar toda gordura apesar da perda de peso e mantém depósitos de gorduras em algumas seletas áreas;
  • Pele firme e elástica (caso não o seja, o paciente pode combinar a Lipoaspiração à Abdominoplastia);
  • Pacientes magros que possuem áreas de gordura localizada desproporcionais ao restante do corpo.

            O cirurgião irá conversar com o paciente quanto aos seus objetivos, quais são as áreas que incomodam como barriga, costas, coxas, flancos e braços. O cirurgião irá avaliar a necessidade de cada local, bem como as possibilidades possíveis para cada área. Após essa conversa, o médico deve fazer algumas perguntas sobre as condições de saúde, histórico médico do paciente e da família, posteriormente, pedirá alguns exames para averiguar o estado de saúde atual do paciente. Os exames citados são relevantes para diminuir o risco de complicações ou imprevisto no decorrer da cirurgia. Os exames indicados são:

  • Exames de sangue: Hemograma; Coagulograma; Glicemia em jejum, Dosagem de ureia e creatinina no sangue;
  • Exames cardíacos: Eletrocardiograma (ou EGG);
  • Exame de Imagem: possuem o objetivo de avaliar uma região específica em que a cirurgia será realizada e analisar a integridade de algum órgão específico. Na Lipoaspiração o exame requerido em casos específicos é a ultrassonografia de abdômen total e da parede abdominal ou ultrassonografia de partes moles de alguma região específica;

Quais são os preparativos para a cirurgia?

            Após todos os detalhes serem acertados, isto é, ser confirmada a condição de saúde do paciente, definir as áreas que passarão pela cirurgia plástica e a data a ser realizada, o próximo passo são os cuidados pré-operatórios. A dieta é o primeiro passo para os cuidados preparatórios para a Lipoaspiração, uma possibilidade é que o médico indique a dieta líquida por volta de dois dias antes da cirurgia e 8 horas antes do procedimento cirúrgico, seja feito um jejum completo. Se entre 4-5 dias antes da cirurgia, o paciente apresentar gripe, resfriado ou indisposição, é necessário que o cirurgião seja notificado por antecedência, pois caso haja febre(37.8 ou mais) é necessário cancelar o procedimento.

            Além disso, também devem ser evitados, por minimamente um mês da cirurgia, entorpecentes de todos os tipos, drogas ilícitas, álcool e tabagismo (parar de fumaré muito importante), bem como suspensão de medicamentos com ação anticoagulante. Também é importante não utilizar qualquer tipo de cosmético na pele a ser operada no dia da cirurgia. As demais medicações de uso crônico (diabetes, pressão alta, colesterol aumentado) devem ser mantidas. Outras medicações de uso crônico

Como é realizada a cirurgia de Lipoaspiração?

            Há dois métodos de Lipoaspiração, a lipoaspiração tradicional e a lipoescultura. A primeira consiste na modelagem corporal apenas por meio da retirada de gordura, ou seja, por meio da sucção que retira o excesso de gordura de alguma área específica e através dessa remoção, o corpo tem uma remodelação.

Já no caso da Lipoescultura, não apenas há remoção da gordura, mas há também inserção da gordura retirada em outras partes do corpo através de injeções com a finalidade de preencher depressões ou efetuar a modelagem por meio do enxerto de gordura em lugares específicos como glúteos, quadril, seios e face. Estes procedimento também pode ser chamado de lipofilling.

            Assim, definida quais são as regiões de retirada de acordo com os objetivos do paciente,

Nessa fase, a partir dos desejos do paciente, é definido qual o melhor método e em quais regiões do corpo ele será realizado. Ademais, após os resultados dos exames o cirurgião irá definir se será possível realizar a sucção em mais de uma região (caso seja necessário ou de interesse do paciente).

            As anestesias utilizadas na lipoaspiração podem ser a raquidiana, peridural ou geral, dependerá da área (ou áreas) a passar pelo procedimento ou se haverá combinação com outros procedimentos. Rotineiramente usamos a anestesia peridural com sedação

            Uma dúvida comum entre os pacientes é saber quanto de gordura será retirado ou quanto em peso (kg) podem ser retirados. Esses dados variam de acordo com a quantidade de gordura da região escolhida, de qualquer forma, o máximo permitido é entre 5% e 7% do peso corporal do paciente, exceder esse limite pode ocasionar consequências estéticas ou de saúde.

            Quanto a cirurgia, após realizar as marcações das regiões, o cirurgião fará algumas pequenas aberturas circulares (furinhos ou buracos) para que seja introduzido um líquido estéril, uma solução vasoconstritora a fim de diminuir o sangramento, posteriormente, realizará a introdução de cânulas no local a ser aspirado, podendo ser também utilizada a seringa à vácuo, lipoaspirador, vibrolipoaspiração ou aparelho ultra-sônico (emulsificação da gordura) ou lipolaser (para tratamento da flacidez da pele) O cirurgião fará a escolha embasado nos objetivos finais do paciente, em todo caso, com exceção do aparelho ultra-sônico, haverá a sucção da gordura localizada.

As cânulas mais grossas oferecem um procedimento mais rápido, uma vez que aspiram mais rápido, entretanto podem causar traumatismo tecidual, com maior sangramento, por outro lado, as cânulas mais finas fazem com que o procedimento seja mais devagar, mas causam diminui o traumatismo aos tecidos, como também o sangramento. Nós usamos o Vibrolipo em todas as nossas lipoaspirações.

Quais são as complicações possíveis na Lipoaspiração?

            As especificidades de cada corpo e organismo fazem com que haja reações diferentes em no decorrer da cirurgia ou na recuperação. A lipoaspiração, como todo procedimento cirúrgico possui riscos, estes são infecção, hemorragia, trombose e embolia pulmonar, hematomas, necroses, alterações da sensibilidade ou hematomas. Ainda que extremamente raro atualmente existe possibilidade (embora remota) de perfuração dos órgãos, principalmente quando realizada na região abdominal.

            Apesar da cautela e técnica do médico em caso de pacientes com pele flácida pode ocorrer irregularidades na pele e aumento da flacidez, necrose de pele por deficiência circulatória, ocorrendo principalmente em pacientes fumantes. É importante ressaltar que todos esses riscos são reduzidos pela escolha de um bom profissional, higiene do local e cuidados diligentes no pré e pós-operatório.

Quais são os cuidados necessários no pós-operatório?

            Durante a recuperação, nos primeiros momentos (dias) após a cirurgia é normal a região apresentar dor e inchaço, que deverão ser combatidos através dos medicamentos indicados (antibióticos e analgésico) pelo cirurgião de forma regular, nos horários exatos.

            O paciente deve utilizar a cinta e as meias cirúrgicas de forma contínua por 7 dias, durante o dia e à noite e deve tomar o banho normal no chuveiro nesses dias. Os curativos devem ser mantidos desde que não estejam molhados. Caso fiquem molhados, devem ser trocados.

            As drenagens devem começar o mais precoce possível. A cinta deverá ser utilizada por no mínimo 30 dias. Também é recomendado que, a princípio, o paciente caminhe ao menos duas vezes no dia por cerca de 10 minutos, de forma mais devagar nos primeiros 7 dias após a cirurgia, posteriormente, o tempo de caminhada deve ser aumentado de forma gradativa.

            Assim como no pré-operatório, a alimentação é fundamental no pós-operatório, a recuperação pode ser acelerada ou retardada pela dieta do paciente. Deve evitar comer alimentos com farinha de trigo, açúcar ou álcool. recomenda-se o consumo de muita água e isotônico. Chás diuréticos podem auxiliar no inchaço (chá de cavalinha, por exemplo). Chá de anis estrelado e própolis podem reforçar a imunidade.

Quais são os resultados alcançados com a Lipoaspiração?

            Como todos os quadros relacionados às particularidades do corpo humano em uma cirurgia, os resultados se alteram de acordo com o volume aspirado, tal como da área, apesar disso, em uma média de 7 dias o paciente começará a voltar a sua rotina. O inchaço (edemas) e as manchas roxas (chamadas equimoses) duram entre 15 e 20 dias, podendo ser menor ou maior para cada paciente.

            Logo após a cirurgia, o paciente já verá algum resultado, mas o inchaço atrapalhará um bom vislumbre dos efeitos estéticos da Lipoaspiração. Somente com 1 mês será mais notável a silhueta mais delineada e alguma perda de peso (devido à remoção de gordura e da dieta mais leve no pós que pode auxiliar com alguma redução de peso). No entanto, somente após 6 meses será notável os resultados definitivos como o corpo bem definido e regiões mais contornadas. Além do mais, a Lipoaspiração quase não deixa cicatrizes visíveis, pois as incisões (pequenos furinhos) são feitas em lugares estratégicos.

            Portanto, podemos concluir que, apesar dos tabus, a Lipoaspiração é uma ótima opção para pessoas que buscam se livrar de regiões de gordura incômodas que muitas vezes fazem mal a sua autoestima. Sendo que, se houver pesquisas aprofundadas quanto ao profissional que realizará a cirurgia, a cirurgia é segura e a sua recuperação é relativamente bem tranquila e rápida. Converse com um profissional de sua confiança para saber mais sobre esse procedimento.

Se você procura saber mais sobre quem entende de lipoaspiração na cidade de São Paulo, entre em contato conosco e tire suas dúvidas!

Especialista em Lipoaspiração na cidade de São Paulo

whatsapp lipoaspiracao na cidade de sao paulo

Tire suas dúvidas ou agende uma consulta com
Dr. Marco Cassol

Compartilhe :

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Marco Cassol

Marco Cassol

Dr. Marco Cassol Formado em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), especialista em Cirurgia Geral e em Cirurgia Plástica, tem mais de 15 anos de vivência na profissão. Após sua formação, desde 2006. CRM-SP 122955 / RQE 24987 Linkedin .

Artigos relacionados