Radiofrequência

Aparelho que gera energia e forte calor sobre as camadas mais profundas da pele (derme e o tecido subcutâneo, em torno de 60 graus) e mantém a camada mais superficial (epiderme) mais fria e protegida (em torno de 40 graus).

Esse efeito térmico ativa os fibroblastos que irão produzir novas fibras de colágeno e elastina. 

Estimula o metabolismo local provocando perda da gordura localizada e melhora a flacidez. Ocorre remodelação do tecido, melhora das rugas, estrias, linhas de expressão, cicatrizes de acne e, principalmente, revigora a elasticidade da pele.

Além de provocar uma grande melhora na face, apresenta excelentes resultados corporais, combatendo a flacidez de seios, braços, pernas, abdômen e glúteos. 

A principal indicação da radiofrequência é tratamento da flacidez localizada.

Compartilhe :

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Dr. Marco Cassol

Dr. Marco Cassol

Formado em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), especialista em Cirurgia Geral e em Cirurgia Plástica, tem mais de 15 anos de vivência na profissão. Após sua formação, desde 2006. CRM-SP 122955 / RQE 24987

Artigos relacionados