Escolha uma Página

Planejamento é a palavra-chave quando o assunto é cirurgia plástica. Afinal de contas é preciso se organizar muito bem para poder cumprir todas as etapas antes e depois da cirurgia da maneira correta e garantir um final feliz para a sua história de transformação.

 

1. Pense bem a respeito da sua cirurgia plástica

Optar por uma plástica não é a mesma coisa que optar por um novo corte de cabelo. Antes de decidir se você vai ou não se submeter a um procedimento cirúrgico, é essencial pensar muito e avaliar todos os riscos que pode correr durante a operação. “Além disso, sempre peço para as candidatas a uma cirurgia plástica pensarem se vale a pena trocar o problema estético em questão por uma cicatriz, por menor que ela seja.

Por exemplo, será que vale ganhar uma cicatriz nos seios só para aumentar o seu volume da mama ou eliminar a sua flacidez? Será que vale ganhar uma cicatriz no rosto para ficar com o visual mais jovem?

É muito importante fazer esse tipo de alerta para que a paciente não fique frustrada depois da cirurgia ao ver seu corpo com uma marca que não existia antes”, explica o cirurgião plástico Rodrigo O. (SP).

 

2. Escolha um Cirurgião Plástico com atenção

Depois de ter pensado bastante a respeito da sua futura cirurgia e ter decidido que essa é a alternativa certa para fazer as pazes com o espelho, você precisa escolher seu cirurgião plástico.

Essa etapa é uma das mais importantes, já que você estará colocando sua vida nas mãos desse profissional. “O médico deve ser membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, além disso, a  paciente pode também pesquisar o currículo desse médico, pedir indicações para pessoas q

ue já fizeram cirurgia com esse profissional. A paciente deve se sentir confortável e segura na hora da consulta”, fala o cirurgião plástico Marco Cassol (SP).

“Outro ponto essencial é saber onde o especialista realiza suas intervenções cirúrgicas. Isso porque todas devem ser feitas exclusivamente em centro cirúrgico.

Se for realizada em clínica ou hospital, é indiferente. O importante é que o local proporcione segurança para o procedimento proposto. Fatores como o porte cirúrgico, esterilização e a disposição de infraestrutura para resolver possíveis complicações.

Caso o cirurgião que tenha escolhido não opere num centro cirúrgico já é um fator muito preocupante e deve, portanto, ser reavaliada a escolha do profissional”, alerta o cirurgião plástico André E. (RJ).

 

3. Fique de olho na agenda de sua cirurgia plástica

É chegado o momento de pensar qual a melhor época para marcar o procedimento. Lembre-se de que, após a cirurgia, você irá precisar ficar alguns dias de repouso em casa. “Esse período irá depender muito do tipo de cirurgia.

Mas, a média é de, aproximadamente, três dias a uma semana”, comenta o Dr. André E. Vale lembrar ainda que para algumas cirurgias ainda existem certas regras de pós-operatório que impedem que você dirija, faça muito esforço, levante peso, se exponha ao sol… É primordial conversar com o cirurgião plástico sobre todas as etapas da recuperação para saber se irá precisar pedir férias do trabalho ou apenas alguns dias de afastamento. Como dissemos no início dessa reportagem, planejamento é tudo!

4. Cuide da saúde antes da cirurgia plástica

Hora de se preparar para o procedimento. Faça todos os exames que o médico solicitar, eles são essenciais para garantir que você esteja saudável para se submeter a uma intervenção cirúrgica. “Também solicitamos alguns exames que irão nos servir de guia durante algumas cirurgias, como a tomografia de face, que irá mostrar como é a estrutura óssea da paciente”, comenta o Dr. Rodrigo O.

Esse é o período em que você deve suspender por três meses o cigarro, caso seja fumante. Alguns medicamentos também devem ser interrompidos, caso comprometam seriamente a cirurgia.

Você só pode usar os remédios liberados pelo cirurgião! Além disso, também se deve evitar bebidas alcoólicas ou refeições muito fartas na véspera da cirurgia.

Seguir o jejum de 8 horas antes da intervenção é imprescindível. Feito isso, o médico irá agendar a data da cirurgia plástica.

5. Respeite o pós-operatório

Cada cirurgia tem suas recomendações específicas, mas após todas elas é preciso seguir uma alimentação rica em nutrientes que ajudam na recuperação. “Como sempre há perda de sangue na cirurgia, é importante o corpo estar rico em ferro, o que se conquista com a vitamina B12 e ácido fólico.

 

O consumo de vitamina A também é recomendado para acelerar a reparação do tecido. O zinco é outra substância indicada porque auxilia no processo de cicatrização”, diz o Dr. André Eyler. Passado o período de recuperação, você terá alta médica e estará pronta para desfilar por aí linda, de visual novo.

 

Por: Cibele Carbone

Fonte: Plástica e Beleza

Compartilhe

Compartilhe este artigo com seus amigos!

1
Olá!
Você quer realizar alguma cirurgia e gostaria de tirar alguma dúvida?
Powered by