Escolha uma Página

 

Ginecomastia, é possível resolver o problema de um modo simples, afirma cirurgião plástico Marco Cassol

A ginecomastia, como se chama esse crescimento de tecido mamário, pode afetar os homens a partir da puberdade e é bastante nociva para a autoconfiança. Por meio da cirurgia plástica, podemos reduzir essa mama e devolver ao homem o seu amor pelo próprio corpo e a capacidade de sentir-se à vontade diante do espelho.
Consulte o cirurgião plástico e saiba mais sobre esse procedimento.

A ginecomastia, uma doença que torna as mamas com aspecto feminino, atinge boa parte do público masculino.

Segundo a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), o procedimento de redução de mamas é um dos mais realizados pelos homens, junto com a lipoaspiração e a cirurgia de pálpebra. Estimativas dão conta que quatro, entre dez homens, sofrem com o mal que afeta diretamente a autoestima masculina.

De acordo com o Cirurgião plástico Marco Cassol, apesar da alta incidência de casos, muitos homens não procuram ajuda médica por constrangimento e inibição. “Diversos fatores podem causar o aumento do tecido mamário como o uso de medicamentos, problemas clínicos, fatores hereditários, aumento do tecido gorduroso e tumores.

E, na maioria dos casos, a doença é benigna e corrigível, com a realização dos exames clínicos é possível resolver a questão de maneira simples”, afirma o cirurgião plástico.

Entre os procedimentos estão: a lipoaspiração tradicional das mamas; a mastoplastia redutora (utilizada quando é necessária a remoção de maior quantidade gordura) ou remoção de pele excedente.

Marco Cassol é cirurgião plástico membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. Com mais de 15 anos de experiência, é formado pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul e especialista em cirurgia da face.

Fonte: Estilo Masculino

Compartilhe

Compartilhe este artigo com seus amigos!

Open chat
1
Olá!
Você quer realizar alguma cirurgia e gostaria de tirar alguma dúvida?
Powered by