Como Acabar Com Bigode Chinês – Método Para Cada Idade

As linhas de expressão que vão do canto do nariz ao canto da boca, formando o chamado bigode chinês, é um sinal do tempo que incomoda principalmente as mulheres.

Veja um resumo sobre o tratamento para bigode chines neste vídeo 

O Bigode Chines –  A causa

Causado pelo envelhecimento da pele e também por questões genéticas e hábitos nocivos, como tomar muito sol e fumar, elas aparecem mais cedo ou mais tarde, de forma mais suave ou mais profunda, e o tipo de tratamento também varia para cada pessoa.

Mas, antes, é preciso se certificar de que se trata mesmo de bigode chinês.

“Nas pessoas com a bochecha mais pronunciada, essas linhas de expressão no rosto fazem parte dos contornos e não têm relação com o bigode chinês”

explica o cirurgião plástico especialista em face Marco Cassol.
Como Acabar Com Bigode Chinês - Método Para Cada Idade 1

Se for o caso de buscar um tratamento, ele diz que isso pode ser feito a partir dos 20 anos e indica os melhores para cada faixa etária.

Tratamentos para Bigode Chinês:


Bigode Chines – De 20 a 30 anos

O bigode chinês costuma ser pouco evidente nessa faixa etária. Por isso, a aplicação de cremes pode ser suficiente para atenuar as linhas de expressão. Dr. Marcos Cassol também indica a ingestão de nutricosméticos com os princípios ativos adipofill e exsynutriment, que trazem resultado em até 40 dias.

Como nesse idade o problema costuma ser pouco evidente, o uso de cremes específicos ou eventuais preenchimentos com ácido hialurônico conseguem resolver. Nesse caso, o resultado é imediato, com efeito ainda mais claro após três semanas, quando o inchaço facial diminui.

Em todos os casos os resultados podem ser observados entre três e cinco semanas.

Bigode Chines – De 30 a 40 anos

Depois dos 30 anos, as marcas de expressão começam a ficar mais evidentes. Uma das alternativas para driblar isso é o tratamento com laser de dióxido de carbono (CO2).

O procedimento faz a remoção de camadas lesionadas da pele, contudo, para obter efeito, é necessário fazer pelo menos três sessões, uma vez por mês. “Caso a pessoa tenha espinhas, o número mínimo de sessões é cinco”, recomenda o especialista.

Sessões de laser são indicadas para que seja feito um peeling profundo na pele. O mínimo recomendado para que os resultados apareçam é de três sessões. A cada uma delas é necessário manter repouso por três a quatro dias. Já a vermelhidão da região leva cerca de duas semanas para desaparecer.

Bigode Chines – De 40 a 50 anos

Os tratamentos estéticos também são a melhor alternativa nessa faixa etária, especialmente os que estimulam as camadas mais profundas da derme e subderme sem lesar a epiderme. O número de sessões varia para cada pessoa e deve ser indicado por um profissional após avaliação.

Após o procedimento, o paciente deve ficar em repouso de três a quatro dias.

“O resultado do tratamento começa a ficar aparente após aproximadamente uma semana. Depois de 14 dias, a vermelhidão da pele deve passar”.

aponta Dr. Marco Cassol.

Bigode Chines – De 50 a 60 anos

Nessa faixa etária, o médico recomenda a utilização de géis com fatores de crescimento. O médico indica o uso de fios de sustentação de ácido lático absorvidos pelo corpo. “Um par de cada lado do rosto deixa a face mais firme”, afirma.

A cada três meses é preciso refazer o procedimento, para que novos fios sejam colocados. “É preciso esse tempo para que o fio induza o corpo a formar um tecido fibroso que vai retrair os tecidos e melhor a sustentação facial”.

explica.

Bigode Chines – Acima de 60 anos

Depois desta idade, só mesmo a cirurgia plástica irá conseguir eliminar o bigode chinês.

Nem tudo é bigode chinês

Por fim, Cassol salienta que as linhas de expressão próximas do nariz e da boca nem sempre são bigode chinês, como ocorre em pessoas com bochechas mais proeminentes.  Nesse caso, o procedimento mais recomendado é a bichectomia, que consiste na retirada de gordura interna das bochechas (chamadas de “bolas de Bichat“). 

Como Acabar Com Bigode Chinês - Método Para Cada Idade 1

Tire suas dúvidas ou agende uma consulta com
Dr. Marco Cassol

Compartilhe :

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Marco Cassol

Marco Cassol

Dr. Marco Cassol Formado em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), especialista em Cirurgia Geral e em Cirurgia Plástica, tem mais de 15 anos de vivência na profissão. Após sua formação, desde 2006. CRM-SP 122955 / RQE 24987 Linkedin .

Artigos relacionados