Diástase Abdominal

Você, sabe quais são as principais causas para se chegar a um quadro considerado como de diástase abdominal? Saberia nos dizer, da mesma forma, como ela pode afetar o corpo das pacientes diagnosticadas com este tipo de problema? E ainda, têm a noção de quais seriam os cuidados que devem ser tomados para que o mesmo não se agrave?

Assim como ocorre em muitos casos onde se opta pela realização de uma cirurgia plástica, um dos principais motivos que favorecem esta decisão se dá na busca pela melhora estética de uma determinada região do corpo, ou mesmo pela iminente necessidade de resolução de problemas desta natureza.

Porém, se você ainda não compreende sobre o assunto no qual foram tratadas as perguntas acima, não há mais com o que se preocupar. Com este material, teremos a proposta de facilitar a sua compreensão sobre o que realmente pode ser feito com relação à solução dos incômodos que esta realidade pode vir a lhe trazer.

Neste post, falaremos um pouco mais deste tema de maneira clara, apontando tanto os principais fatores que incidem sobre esta realidade quanto a forma de realização do procedimento responsável por “combater” este cenário muitas vezes indesejado pelas pacientes.

Além disso, iremos ressaltar a importância que a ação pela busca de um profissional pode representar quando se têm o desejo de potencializar os resultados esperados no combate a esta realidade estética por vezes indesejada.

diastase
diástase abdominal – afastamento dos músculos da barriga

Diástase abdominal: o que é e como ela atinge o corpo?

Bem sabemos que, devido a algumas circunstâncias que acabam ocorrendo em nossas vidas, tais como acontece com as mulheres após o seu período de gestação, a retomada das medidas naturais do nosso corpo torna-se uma ação complicada de ser realizada.

Isso acaba ocorrendo porque, por conta de fatores como a chamada diástase abdominal, principalmente durante o período da gestação, surge uma realidade onde se têm um grande afastamento dos músculos da barriga e de todo o tecido conjuntivo.

Entretanto, a gravidez não se torna uma exclusividade deste problema, tendo em vista o fato de que esta pode acometer, da mesma forma, pessoas que por algum motivo acabam por levantar constantemente alguns itens com o peso elevado e em uma postura desconfortável e, por assim dizer, não recomendada.

Diástase abdominal: saiba mais sobre o seu surgimento

Assim como acaba acontecendo com outros problemas de ordem de natureza física, é possível que se perceba alguns traços no corpo que permitem definir o surgimento da diástase abdominal.

Dentre estes, por conta de sua representatividade e ajuda no processo de descoberta deste tipo de problema estético, podemos citar os seguintes “sintomas”, que quando surgem merecem nossa atenção para um pronto diagnóstico:

  • Flacidez: quando percebemos o surgimento deste tipo de marcas no corpo, logo podemos nos preocupar com relação se estas podem significar que estamos desenvolvendo um quadro de diástase abdominal;
  • Alterações nos traços físicos do abdômen: em situações distintas, como por exemplo, ao realizar algum tipo de exercício físico ou enquanto se estiver tossindo, é possível fazer com que se detecte algumas deformidades que, por sua vez, configuram o surgimento deste tipo de problema estético.

Diástase abdominal X flacidez no abdômen

A diástase abdominal torna-se uma das principais causas tanto da flacidez quanto da dor lombar, principalmente para as mulheres que estão passando pelo período considerado como pós-parto. O mesmo acontece para aquelas pessoas que se submetem a pegar objetos com uma quantidade de peso acima da capacidade que estão acostumadas ou mesmo que aguentam.

No entanto, é importante ressaltar que este tipo de deformidade no corpo precisa ser combatida devidamente, tendo em vista que este problema pode causar um afastamento que ocasiona um tipo de lesão. Esta lesão, por sua vez, tem o “poder” de trazer consequências que vão além da questão meramente estética, necessitando então de maiores cuidados.

Quando este músculo do abdômen está muito fraco, a coluna acaba ficando sobrecarregada e há um maior risco de desenvolver diversos problemas, como por exemplo a hérnia de disco. Por isso mesmo, torna-se tão importante a realização de um tratamento específico, promovendo a união e o fortalecimento das fibras abdominais.

Isso deve ocorrer porque, em algumas mulheres, este afastamento chega a ser tão grande que pode ser capaz de pressionar 3 ou mesmo 4 dedos em seu abdômen.

Com isso, estes acabam “afundando”, como se existisse um verdadeiro buraco em sua barriga. Tal cenário é criado justamente por estas mulheres estarem em um quadro onde não se tem uma parede muscular que deveria impedir essa entrada e dilatações indesejadas.

Cirurgia de diástase abdominal: como acontece?

Como já vimos neste post, a diástase abdominal pode afetar todo o corpo, sendo considerada, então, uma questão prioritária de ordem de saúde. Isso porque, por meio de sua existência, podemos nos sujeitar a estar em uma situação indesejada de dores intensas por ela causadas.

Por isso mesmo, deve-se ter um cuidado especial com o surgimento dos primeiros sinais de sua existência, bem como na agilidade em se procurar um profissional especializado nesta área para propor o melhor meio de combate ao avanço deste problema em seu corpo.

Contudo, apesar de ser um procedimento simples, que consiste em ações de “costurar” os músculos do corpo, podemos dizer que a intervenção cirúrgica deve ser encarada como sendo o último recurso para sua correção.

Mesmo com o intuito de proporcionar o fim do quadro de diástase, é possível ter uma realidade onde o próprio médico envolvido venha a sugerir a sua paciente outros procedimentos estéticos que sejam considerados como sendo de natureza alternativa.

Nestes casos, procedimentos igualmente conhecidos tais como, por exemplo a lipoaspiração ou mesmo a abdominoplastia também são sugeridos para que se possa, de um outro modo, realizar a remoção da gordura em excesso presente no corpo de cada paciente de uma maneira mais segura e tranquila em relação à possíveis complicações que possam acontecer.

Sendo assim, recomendamos que antes de tudo, você possa conversar com o seu médico e, então, junto dele consiga tirar todas as suas dúvidas sobre qual tipo de procedimento seja mais eficaz considerando a realidade de seu corpo.

Todo este cuidado se torna importante porque bem sabemos que, a ação de cuidar da melhor forma de sua saúde, associada ao respeito com o período de pós-operatório pode contribuir, significativamente, para que você viva melhor e sem demais problemas estéticos em momentos posteriores.

Qual médico faz o diagnóstico de diástase abdominal?

Antes de tudo, precisamos entender que, para que se chegue a um diagnóstico correto sobre a existência da diástase abdominal, o médico responsável por cada paciente precisa realizar uma avaliação das reais condições de sua parede abdominal.

Este tipo de avaliação deve ocorrer porque, é por meio de um exame de ultrassom da parede abdominal que os médicos passarão a ter, em suas mãos, uma ajuda para comprovar o achado do exame físico e, com isso, determinar o tratamento mais indicado para as suas necessidades.

Considerando este fato, temos que a realização deste tipo de exame torna-se necessária para que, dentre outras coisas, a cirurgia de correção da diástase abdominal possa ser, de fato, autorizada pela maior parte dos convênios médicos, muito por conta da comprovação de sua real necessidade.

Nestes casos, optar pela procura de um profissional capacitado e habilitado na área da estética, tal como um médico cirurgião mostra-se como a ação mais indicada a ser realizada, seja ele um cirurgião plástico, um cirurgião do aparelho digestivo ou mesmo um cirurgião geral.

Diástase abdominal: vantagens de um diagnóstico precoce

Por se tratar de um problema de ordem de saúde, assim como ocorre em muitos outros casos, em situações onde se detecta a presença deste tipo de “enfermidade” de maneira precoce, os resultados finais podem ser considerados como sendo, de fato, muito mais expressivos.

Esta argumentação baseia-se em exemplos onde, a presença de um diagnóstico precoce pode significar um tratamento totalmente direcionado a pronta recuperação da paciente em questão, justamente por determinar as medidas corretas para o seu tratamento.

Contudo, para facilitar o entendimento sobre este tema, existem algumas vantagens que, por conta de seu impacto na melhora das pacientes podem ser destacadas, tais como:

Avaliação da extensão do problema

Bem sabemos que, com o avanço da tecnologia associado à criação de novas técnicas no cenário da medicina, temos atualmente mais condições de descobrirmos diversas deformidades em um tempo consideravelmente antecipado se comparadas a tempos mais remotos.

Com estes novos métodos e tipos de exames podemos, da mesma forma, avaliar a extensão de cada problema em nosso corpo de uma maneira mais ágil, contribuindo assim para a definição de tratamentos especialmente voltados para a sua correção.

Definição do tratamento específico

Como dissemos acima, estes tratamentos que, por sua vez, são definidos de maneira específica podem vir a impactar, decisivamente, na condução de todo o processo de melhora das pacientes.

Assim como ocorre em diversos outros problemas de ordem de saúde, quando detectado de maneira precoce, o tratamento para a questão da diástase abdominal mostra-se como sendo mais eficiente.

Isso acaba acontecendo porque, dentre outras coisas, é possível fazer com que sejam definidas as melhores estratégias que busquem a recuperação antecipada das pacientes, tais como a criação de exercícios ou mesmo algumas técnicas de fisioterapia especialmente voltadas a este objetivo de restabelecimento corporal.

Agilidade no processo de recuperação

Diante do que estamos falando, não podemos omitir o fato de que quando se descobre um tipo de problema de saúde precocemente, este tempo que se ganha pode impactar diretamente em questões como a pronta recuperação de um paciente.

Isso ocorre porque, entre outras coisas, o tratamento específico estabelecido para cada situação acaba refletindo na capacidade das pacientes em desenvolverem meios de se recuperarem de maneira mais ágil.

Redução de dores no local afetado

Uma das principais queixas das pessoas que vêm a desenvolver este tipo de problema se baseia nas constantes dores que sofrem no local onde ela acaba acontecendo.

O tratamento precoce, por sua vez, auxilia no combate e posterior alívio destes incômodos, na medida em que possibilita uma alternativa eficaz de ação contra os efeitos danosos de sua existência no corpo.

Diástase abdominal: tempo de recuperação

O tempo de recuperação deste tipo de problema pode vir a apresentar uma certa variação de casos para casos, dependendo principalmente do tamanho, extensão e complexidade da diástase.

Contudo, em situações consideradas como descomplicadas, este período de pronta recuperação pode se estabelecer dentro de um prazo que gira em torno de 2 a 3 meses após a realização dos procedimentos propostos para contornar esta incômoda realidade.  

Diástase abdominal: cuidados necessários para a sua resolução

Muitos são os casos onde as pessoas, na tentativa da melhora instantânea de seus problemas corporais, buscam por tratamentos não tão convencionais ou comprovados, não é verdade?

No entanto, tais ações espontâneas podem representar um perigo para sua integridade física, pois, sem o devido acompanhamento, este problema de natureza física pode acabar se tornando mais complexo de ser solucionado.

Para então, evitar situações como esta, é preciso que se tome alguns cuidados, dentre os quais, por sua importância para o auxílio no combate aos incômodos que este problema tende a nos causar, podemos destacar:

Busca de profissional adequado

Um dos passos mais significativos em relação à cura deste problema de ordem estética dá-se na busca por um profissional que esteja qualificado para estabelecer os melhores caminhos a serem traçados para se chegar a esta meta.

A partir disso podemos observar que, nos casos onde existe esta preocupação, os resultados são bem mais expressivos. Isso acaba ocorrendo porque, dentre outros fatores, têm-se que a ação profissional em muitos casos é decisiva para as situações onde esta realidade indesejada consegue ser contornada de maneira significativa.

Atenção aos possíveis primeiros sintomas

Como já relatamos neste no decorrer deste material, não são em todos os casos, mas, naqueles em que estes se manifestam, estar atento aos primeiros sintomas da diástase abdominal pode fazer toda a diferença ao longo de todo o processo até a sua total recuperação da mesma.

Neste sentido, procurar uma ajuda técnica assim que detectar os prováveis sintomas desta deformidade estética ajuda a traçar os meios mais eficientes de combatê-la, bem como evitar que outros problemas de natureza semelhante possam ser desenvolvidos em seu corpo.

Diástase abdominal: importância da escolha de um profissional

Em conformidade com diversas outras áreas e situações que vivenciamos em nossa vida, poder contar com o suporte especializado naquilo que pretendemos realizar mostra-se como uma atitude bem pensada.  Isso porque, entre outros benefícios, podemos ter vantagens nas seguintes situações:

Melhora nos resultados esperados

Com esta ação de procura por um profissional específico da área de estética, podemos ter acesso a soluções eficazes que nos proporcionarão chegar aos resultados que desejamos encontrar, tais como a resolução das dores causadas pela existência da diástase em nosso corpo.

Segurança na condução de todo o processo

Com o suporte profissional capacitado, pode-se ter uma maior segurança com relação a assertividade na condução dos procedimentos estéticos por ele recomendados, contribuindo assim para a solução desta incômoda realidade corporal.

Prevenção de riscos

Assim como mostramos no tópico anterior, a busca por um auxílio que seja específico reduz, significativamente, as consequências dos riscos que nos sujeitamos a passar se tomamos, por nossas próprias mãos, algumas medidas que pensamos que vão amenizar os efeitos nocivos de questões como a diástase.

Diante de tudo o que apresentamos até aqui com este conteúdo, saiba que aqui, com o Dr. Marco Cassol, você pode ter a tranquilidade de estar sendo assessorada por um profissional de competência e qualidade na realização de seus procedimentos destacáveis. 

Considerações finais

Como podemos perceber ao longo de todo este post, o combate à problemas de ordem médica, como a diástase abdominal, passa muito pela questão de como o mesmo é enfrentado, bem como do momento em que é descoberto.

Por isso mesmo, deve-se privilegiar ações que tenham por objetivo criar todo um cenário de acompanhamento médico, para que, por exemplo, os seus efeitos não possam ser tão nocivos à saúde das pacientes que, porventura, possam vir a desenvolvê-lo.

Por fim, esperamos sinceramente que você possa ter entendido que sim, existe uma grande relevância na procura, em tempo hábil, junto a um médico especializado na busca pela melhora em um diagnóstico de diástase abdominal.

Da mesma forma, com o término deste material, gostaríamos que você possa ter compreendido um pouco mais sobre alguns dos pontos importantes que precisam ser discutidos e entendidos sobre esta questão estética que, por sua vez, pode ser muito mais comum do que se imagina.

Leia: ABDOMINOPLASTIA – 8 DÚVIDAS SOBRE A RECUPERAÇÃO

Leia mais no site do Tua Saúde

Tire suas dúvidas ou agende uma consulta com
Dr. Marco Cassol

Compartilhe :

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Marco Cassol

Marco Cassol

Dr. Marco Cassol Formado em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), especialista em Cirurgia Geral e em Cirurgia Plástica, tem mais de 15 anos de vivência na profissão. Após sua formação, desde 2006. CRM-SP 122955 / RQE 24987 Linkedin .

Artigos relacionados