Bioplastia – Você Sabe O Que é?

 

Bioplastia é um procedimento estético com o preenchimento de uma substância plástica chamada PMMA no rosto (maçã do rosto, queixo, redor do olho etc.) e no corpo (bumbum, panturrilha etc.).

A aplicação deve ser feita pelo cirurgião plástico e em pequenas quantidades. Dentre os riscos do procedimento, temos a reação inflamatória crônica, infecções, nódulos, enrijecimento do local e até necrose do tecido.

Tal técnica de preenchimento se dá por implante em profundidade minimamente invasivo ou agressivo, por biomateriais que são compatíveis com o corpo humano.

Estas substâncias não são tóxicas e não levam perigo ao corpo humano, são implantadas a partir de microcânulas, que são como agulhas com pontas arredondadas de modo que não há nenhum tipo de lesão aos vasos sanguíneos e aos nervos, todo o procedimento é dado a partir de anestesia local e o paciente pode acompanhar todo o procedimento com a utilização de espelho, além de que ele não sente nenhuma dor.

O melhor da bioplastia são as vantagens é que o resultado é imediato, não havendo necessidade de inúmeras consultas e procedimentos!  Esta técnica está sendo administrada a homens e mulheres de modo que possam criar linhas e ângulos de beleza que melhor os agradam.

Como funciona a Bioplastia?

A bioplastia é realizada a partir do biomaterial Polimetilmetacrilato (PMMA), que foi descoberto anos atrás na Alemanha e já vem sendo utilizado na área da saúde há algum tempo, com crescimento ósseo, implantes nos joelhos e intra-oculares.

Desde que se iniciou o uso do polimetilmetacrilato como biomaterial injetável há cerca de 10 anos, seu uso vem crescendo exponencialmente devido ao real sucesso da técnica de bioplastia. Para entender melhor como funciona a bioplastia e o biomaterial utilizado separamos algumas características desta matéria prima, veja a seguir:

O PMMA é um composto bioexpansor, e por isso ele cobre a localização onde foi aplicado. É biologicamente inerte, ou seja, não terá movimento na área injetada, a menos que queira a partir de movimentos musculares comuns. Após ser injetado, o PMMA age com a produção de colágeno, elastina e fibroblastos, o que traz um resultado natural, sem efeitos colaterais, ou riscos de formação de câncer.

Bioplastia no nariz

A bioplastia no nariz é utilizada em varias ocasiões e trata-se de um procedimento bem simples, como a grande maioria de todos os procedimentos da bioplastia. Após o estudo do caso, os dermatologistas normalmente já conseguem uma prévia perfeita de como será o resultado através de um programa específico e a partir desta prévia é aplicado o biomaterial nas áreas do nariz onde é necessário, realizando o procedimento normalmente sem nenhum contra-tempo.

Bioplastia no Queixo

De maneira semelhante a bioplastia no nariz, a bioplastia no queixo irá variar de acordo com a necessidade de cada paciente, podendo deixar o queixo maior, mais arredondado e de maior harmonia com seu rosto.

Bem como todo procedimento de bioplastia facial, o procedimento de bioplastia no queixo pode ser inteiramente visualizada através de um espelho pelo próprio paciente, já que é utilizado somente anestesia local.

Bioplastia nos Glúteos

Após avaliação o médico irá pedir que o paciente deite em decúbito ventral e irá dividir o bumbum em alguns quadrantes, aplicando o biomaterial nas áreas necessárias como uma injeção, ou seja, sem nenhum corte, ponto ou sangramento.

Bioplastia na mandíbula

Além de dar movimentos de fala e mastigação, a mandíbula também determina a linha de rosto de cada pessoa, e com a bioplastia é possível altera-la sem complicações, tendo o tratamento semelhante aos anteriores.

 

Compartilhe :

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Dr. Marco Cassol

Dr. Marco Cassol

Formado em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), especialista em Cirurgia Geral e em Cirurgia Plástica, tem mais de 15 anos de vivência na profissão. Após sua formação, desde 2006. CRM-SP 122955 / RQE 24987

Artigos relacionados