Cirurgias Combinadas valem a pena?

Acompanhe novidades e tire outras dúvidas pelo Instagram: @clinicamarcocassol

Você, acredita que as cirurgias combinadas surtem o mesmo efeito se comparadas aos resultados obtidos com um procedimento estético feito isoladamente? Sabe nos dizer o que considerar antes de tomar a decisão por realizar múltiplas cirurgias plásticas em um único espaço de tempo?

Atualmente, estas perguntas se tornaram bastante úteis de serem feitas, pois, a possibilidade de realizar algumas cirurgias plásticas combinadas têm chamado muito a atenção de pacientes que desejam corrigir, de maneira simultânea, mais de uma área do corpo que não as agradam.

Isso, por sua vez, faz com que se tenha um cuidado especial voltado a esta modalidade de cirurgias, sem que, no entanto, se abra mão das particularidades de cada intervenção pretendida.

No entanto, se você ainda não encontrou as respostas para as perguntas que realizamos acima, não há mais com o que se preocupar. Neste post vamos, de maneira objetiva, listar todas as ponderações necessárias para se chegar a uma resposta plausível para as mesmas.

Combinação cirúrgica: motivos para sua realização

Como dito, diversos podem ser os motivos que levam uma pessoa a se decidir pela realização de uma combinação cirúrgica à partir de múltiplos procedimentos estéticos, dentre eles:

  • Insatisfação: a existência de uma insatisfação com alguma parte do seu corpo não é raro de acontecer. Por isso mesmo, muitas são as mulheres que preferem modificar sua fisionomia considerando a submissão as diversas opções de cirurgias plásticas existentes;
  • Busca por melhora na autoestima: muito por conta desta própria inquietação interna, mulheres de diferentes realidades consideram a realização das cirurgias combinadas como uma “solução” para seus problemas relacionados à autoestima, principalmente no que diz respeito aos seus traços corporais.

Combinação de cirurgias: principais vantagens

A combinação de cirurgias é um recurso que, sem dúvidas, poupa o tempo e a disposição dos pacientes. Por assim dizer, então, muitas são as vantagens que podem ser atribuídas ao fato de combinar cirurgias plásticas. Entretanto, para facilitar o entendimento de tais benefícios, vamos citar os principais fatores que podem influenciar no processo de decisão por esta ação, sendo estes:

Variedade nas opções e combinações de procedimentos

Um dos pontos mais bem vistos pelos especialistas e pelas mulheres que optam por este método é justamente a quantidade de possibilidades de aplicação. Neste sentido, com uma análise correta das condições do paciente, pode-se ter resultados acima do esperado com as combinações que mais condizem com a sua realidade específica.

Tempo de recuperação e redução de procedimentos

Ao considerarmos que o tempo de recuperação torna-se único, o mesmo pode, ainda, ser otimizado, por sua vez, esta realidade acaba acarretando em alterações positivas importantes, como por exemplo o retorno às atividades rotineiras em um tempo mais reduzido.

De igual maneira, o método de combinações cirúrgicas acaba trazendo consigo uma nova realidade de simplificação quanto aos processos envolvidos para a sua realização. Tal simplificação ocorre porque, entre outros fatores, passa-se a ter uma importante redução na necessidade de consultas de natureza avaliativa quando do período anterior ao seu acontecimento.

Simplificação de recursos

Como os procedimentos acontecem em uma mesma cirurgia, a recuperação do paciente é simultânea, evitando que a pessoa passe novamente por outro procedimento, ou mesmo tenha a necessidade de se submeter a mais de uma anestesia ou a um outro período de recuperação com igual ou semelhante espaço de tempo necessário.

Relação custo x benefício atrativa

Do ponto de vista financeiro, a cirurgia plástica combinada também torna-se interessante. Isso é possível porque, alguns custos como os custos com internação, anestesia e medicamentos para o processo de pós-operatório reduzem significativamente quando comparados a um único procedimento ou mesmo aos procedimentos realizados de maneira separada.

Redução de riscos

Devido ao fato de existir a real possibilidade de uma unicidade na aplicação da anestesia, consegue-se ter uma redução nos riscos durante a realização do procedimento combinado.

Procedimentos estéticos de maneira combinada: riscos associados

Assim como todas as intervenções na quais sejam necessárias a realização de alguma alteração em nosso corpo, como acontece com as cirurgias, existe a iminência de alguns riscos que, por sua vez, são inerentes a este tipo de processo.

Quando então nos referimos aos procedimentos estéticos combinados, estes riscos também podem aparecer, e de maneiras diferentes. Entretanto, como forma de entendê-los e, mais ainda, compreender sua gravidade dentro deste contexto de cirurgias plásticas, tomemos como referência os seguintes pontos:

  • Duração dos procedimentos: é necessária a existência de um planejamento voltado ao tempo necessário para a conclusão destas tarefas, buscando sempre realizá-las no menor espaço de tempo possível sem que, no entanto, se abra mão do profissionalismo e qualidade do resultado destas intervenções cirúrgicas;
  • Quantidade de procedimentos: é preciso estabelecer um certo limite no número de intervenções cirúrgicas a serem realizadas simultaneamente. Tudo isso para que o objetivo de preservar a saúde da paciente possa ser colocado com certo destaque acima da pretensão única e exclusiva por melhorias nos traços corporais.
  • Ocorrência de sangramentos: assim como em outras cirurgias, existe a possibilidade iminente de sangramentos. Este, por sua vez, também pode apresentar uma variação em seu volume de acordo com o tipo de cirurgia que pretende ser realizada.

Combinação de cirurgias: quando precisa ser realizada?

Em grande parte dos casos, a realização de cirurgias plásticas de maneira associada a uma única intervenção são consideradas e indicadas para aqueles procedimentos que demandam tanto uma extensão de tempo quanto uma complexidade tidas como sendo “inferiores”.

Além disso, um outro ponto importante que precisa ser considerado, neste sentido, se dá na avaliação da possibilidade de interferência de uma cirurgia em outra, e assim por diante. Isso porque, entre outras coisas, pode-se correr o risco de se exigir mais do que o normal de uma mesma parte do corpo com necessidades de natureza física como o deslocamento durante o tempo de recuperação.

Combinação de cirurgias: indicações para pacientes

Ao realmente se decidir por uma combinação de cirurgias, primeiramente, é recomendável se certificar a respeito da indicação para este tipo de processo. Esta atitude mostra-se por demais importante por muitas razões, entre elas a análise da realidade física de cada paciente.

A partir dessa preocupação podemos, então, entender que para o alcance dos objetivos pretendidos com tais procedimentos, devem ser considerados outros aspectos que não somente o desejo de se melhorar uma determinada região do corpo por meio destas intervenções cirúrgicas.

Cirurgias combinadas: cuidados necessários

Por mais que se possa parecer vantajosa, a prática de cirurgias combinadas, por si só, exige alguns cuidados específicos, tanto nos relacionados à etapa de pré-operatório quanto aos de pós-operatório.

Sendo assim e, tendo em vista a busca pelo sucesso dos procedimentos estéticos simultâneos, bem como evitar a ocorrência de possíveis problemas indesejados, tomemos como referência as seguintes precauções:

  • Estado de saúde do paciente: é preciso realizar uma avaliação para que se certifique sobre a inexistência de possíveis empecilhos para a realização dos procedimentos pretendidos, tais como problemas crônicos de saúde ou demais alterações de ordem médica;
  • Necessidade de realização: o mero desejo de se alterar partes do corpo, sem a real necessidade ou mesmo condição física para tal ação deve ser alertado pelo profissional responsável pelos procedimentos, tendo em vista a segurança e a proteção da integridade física de sua paciente;
  • Hábitos do paciente: para se chegar ao objetivo pretendido sem mais intercorrências, é bastante recomendado o abandono, por um certo tempo, de práticas como o consumo de bebidas alcoólicas ou mesmo cigarros;
  • Realização de exames: se tratado de um cuidado essencial na parte anterior aos processos, precisa-se estar em conformidade com os exames de rotina, para que, caso necessário, sejam tomadas as devidas medidas preventivas em relação a aplicação destas cirurgias;
  • Regulagem de peso: é importante estar “em dia” com a quantidade de peso corporal, para que não exista espaço para demais complicações durante a realização de todos os procedimentos;
  • Repouso: sendo uma prática que é extremamente recomendada no período que compreende o pós-operatório, o repouso contribuiu para a pronta recuperação das pacientes, uma vez que por meio dele se mantêm um certo período de resguardo para a volta às atividades do cotidiano.

Cirurgias combinadas: importância da avaliação médica

Após terem sido levantados tanto os pontos positivos quanto os pontos de atenção para este tipo de modalidade de procedimento estético, torna-se importante salientar que, para se alcançar um certo êxito nesta empreitada, precisamos passar por uma rigorosa avaliação médica.

Isso tudo porque, dentre outras coisas, devem ser considerados diferentes aspectos, como por exemplo o tempo de recuperação e as condições físicas de saúde de cada paciente em específico.

Aqui, com o Dr. Marco Cassol, você tem a segurança de estar sendo assessorada por um profissional capaz de conceber as melhores estratégias de cirurgias combinadas, principalmente devido à sua grande experiência dentro deste segmento em especial.

Cirurgias combinadas: associações mais comuns

Como percebemos até este ponto deste material, o intuito das cirurgias combinadas volta-se para a associação de dois ou mais procedimentos estéticos. Dentro disso, podemos perceber a existência de uma certa quantidade de probabilidades de junções de cirurgias em um único momento, sendo as principais:

Prótese de silicone com lipoaspiração

Sendo uma das opções mais concorridas por conta de seus resultados, com este tipo de processo cirúrgico é possível realizar uma melhor definição de partes do corpo como as curvas corporais e o tórax, por exemplo.

Lipoaspiração com Abdominoplastia

Esta acaba por ser uma alternativa bastante procurada pelas pacientes, principalmente por conta de ser uma associação de procedimentos estéticos capaz de fazer com que a retirada da quantidade excedente de gordura localizada em uma região do corpo possa ser potencializada.

Abdominoplastia com Mamoplastia

Este tipo de associação cirúrgica acaba sendo indicada para casos onde não se torna possível realizar modificações de maior expressão apenas com o auxílio de atividades físicas, por exemplo.

A partir disso, podem ser tomados como casos mais clássicos de pessoas que dela necessitem:  mulheres que acabaram de passar pela experiência da gestação, ou demais pessoas que tiverem uma perda de peso acentuada em um curto espaço de tempo.

Mamoplastia com Rinoplastia

Esta possibilidade de combinação estética acaba por despertar o interesse de muitas pacientes por poder proporcionar, simultaneamente, a correção de “falhas” naturais tanto na região das mamas quanto na região do nariz.

Isso, por sua vez, acaba fazendo com que os resultados possam ser melhor trabalhados e, consequentemente, ganha-se mais resultados positivos em questões como a redefinição destas áreas específicas do corpo.

Lifting facial com Blefaroplastia (pálpebras)

Com o mesmo intuito de garantir a potencialização dos resultados esperados com esta ação, este tipo de combinação estética possibilita a remoção de “bolsas” de gordura localizadas nestas regiões de maneira única.

Por sua vez, isso faz com que automaticamente, por exemplo, torne-se possível a reconstrução destas áreas corporais com uma precisão mais efetiva, além de como já dito, auxiliar no processo de recuperação destas pacientes devido à junção de procedimentos em uma mesma cirurgia.

Combinações de cirurgias: escolha do profissional

Tão importante quanto a decisão por escolher a quais tipos de procedimentos você deve se submeter, está a seleção correta do profissional que será o responsável por conduzir, de fato, estas intervenções.

Neste sentido, busque por profissionais que sejam reconhecidamente capacitados para a realização deste tipo de atividades, para que, entre outras coisas, não exista espaço para alguns problemas de ordem médica, tanto anterior quanto posteriormente a estas classes de cirurgias.

Por assim dizer, então, fica aqui registrada a menção de que é por demais importante levar em consideração outros fatores relevantes que não somente a questão financeira mais atrativa, como por exemplo a seriedade e capacitação profissional do responsável pela condução de tal processo.

Isso porque, tendo em vista o fato de que o que mais deve ser priorizado, nesta situação, é justamente o resguardo em relação às garantias de preservação da saúde de cada paciente. Com isso, recomenda-se então que você, que deseja passar por tais procedimentos, não se “prenda” unicamente a fatores como a escolha da opção que for mais “em conta” do ponto de vista da situação financeira.

Considerações finais

Como podemos perceber ao longo de todo este post, a realização das cirurgias realizadas de maneira conjunta, para ser minimamente bem sucedida, precisa de uma reunião de fatores, que, por sua vez, serão os responsáveis por este tipo de decisão bem como pelo seu posterior êxito.

Contudo, uma das melhores soluções para se chegar ao resultado pretendido com esta vertente dos procedimentos de estética, sem dúvidas, ainda se faz na conversa transparente e direta juntamente com o profissional que será o responsável por conduzir tal ação.

Isso porque, entre outras coisas, será ele o “mediador” que apontará as reais necessidades de sua cirurgia, bem como ser a pessoa que terá as melhores estratégias para que se chegue a um resultado dentro do esperado com os procedimentos que, porventura, forem escolhidos.

Por fim, após termos levantado tanto os pontos positivos quanto os motivos de cuidado com a junção destes procedimentos estéticos, esperamos que você possa ter entendido e ponderado, de maneira correta, as razões para a realização de uma cirurgia plástica mais ampla e associada a mais de uma forma de aplicação.

Tire suas dúvidas ou agende uma consulta com
Dr. Marco Cassol

Compartilhe :

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Marco Cassol

Marco Cassol

Dr. Marco Cassol Formado em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), especialista em Cirurgia Geral e em Cirurgia Plástica, tem mais de 15 anos de vivência na profissão. Após sua formação, desde 2006. CRM-SP 122955 / RQE 24987 Linkedin. Siga no Instagram

Artigos relacionados