Carboxiterapia -Tratamentos Para Fibrose, Estrias, Celulites

A Carboxiterapia é a insuflação dos tecidos com gás carbônico. O gás carbônico faz uma dilatação dos vasos da região e aumenta o aporte sanguíneo da região levando mais oxigênio e formando novas fibras elásticas e fibras de colágeno.

Para a realização da carboxiterapia coloca-se uma agulha de insulina na ponta de um cateter ligado a um aparelho. Esta agulha é introduzida na região que queremos tratar. Regulamos o fluxo de entrada do gás de dióxido de carbono, CO2, e o tempo que será ficará injetando.

A carboxiterapia pode ser usada:

  • Para o tratamento de gordura localizada (quando injetado profundamente e com alto fluxo promove uma destruição mecânica das células de gordura),
  • Para tratar estrias (quando injetado dentro da derme com o rompimento da fibras elásticas),
  • Para tratar celulite (além de auxiliar na liberação da pele retraída, melhora a oxigenação dos tecidos),
  • Para tratar flacidez (tecidos com maior oxigenação são mais saudáveis e menos flácidos),
  • Para tratar fibrose tanto da pele, quando existe uma cicatriz, quanto do subcutâneo, quando existe uma cirurgia (lipo, por exemplo) ou trauma abaixo da pele.

Radiofrequência

Aparelho que gera energia e forte calor sobre as camadas mais profundas da pele (derme e o tecido subcutâneo, em torno de 60 graus) e mantém a camada mais superficial (epiderme) mais fria e protegida (em torno de 40 graus).

Esse efeito térmico ativa os fibroblastos que irão produzir novas fibras de colágeno e elastina.

Estimula o metabolismo local provocando perda da gordura localizada e melhora a flacidez. Ocorre remodelação do tecido, melhora das rugas, estrias, linhas de expressão, cicatrizes de acne e, principalmente, revigora a elasticidade da pele.

Além de provocar uma grande melhora na face, apresenta excelentes resultados corporais, combatendo a flacidez de seios, braços, pernas, abdômen e glúteos.  A principal indicação da radiofrequência é tratamento da flacidez localizada.

Pinçamento

Existe uma técnica muito conhecida como “pinçamento” que ajuda com eficácia (desde que feita regularmente e com produtos associados á manobra) que estimula o colágeno perdido com o rompimento da pele, a famosa e temida estrias.

Essa manobra estimula profundamente a circulação da área afetada ajudando o corpo a formar as fibras para a recuperação da pele. É muito usada como um tratamento preparatório para as estrias, pois como todo mundo sabe, quanto melhor a qualidade da pele, melhor resultado terá o tratamento.

É uma manobra dolorida, porém se torna compensador ao perceber as lesões mais claras. Ela age primeiramente tratando a lesão por dentro, ou seja “preenchendo” a estria e depois age na sua tonalidade, deixando-a com a cor bem próximo á cor da pele da cliente.

É necessário uma preparação anterior da pele (estimulação intensa, de preferência com um esfoliante corporal para deixar a pele mais fina) e em seguida são feitos os pinçamentos em toda a estria, hidratando em seguida c/ produtos que contenham colágeno, elastina ou cafeína para um resultado mais rápido.

Associado á este tratamento, pode ser feito corrente galvânica (corrente que é responsável pela penetração de melanges ou princípios ativos para vários tratamentos, como estrias, flacidez, gordura localizada e celulite). Feito com a corrente galvânica, este tratamento é potencializado garantindo um melhor resultado e o mais importante: duradouro.

Caso tenha outras dúvidas sobre carboxiterapia, entre em contato conosco, será um prazer ajudar!

Tire suas dúvidas ou agende uma consulta com
Dr. Marco Cassol

Compartilhe :

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Dr. Marco Cassol

Dr. Marco Cassol

Formado em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), especialista em Cirurgia Geral e em Cirurgia Plástica, tem mais de 15 anos de vivência na profissão. Após sua formação, desde 2006. CRM-SP 122955 / RQE 24987

Artigos relacionados