Prótese de Silicone – Por cima ou por baixo do Músculo?

Além de deixar os seios mais volumosos, a prótese de silicone também contribui para que as curvas do corpo da mulher fiquem mais harmônicas.

Por isso, não é apenas o tipo de prótese de silicone que importa, mas a forma como o silicone é implantado.

A cirurgia de prótese de silicone pode ser realizada com duas técnicas diferentes: por cima ou por baixo do músculo.

A prótese subglandular (implante por cima do músculo), é quando a prótese é colocada logo abaixo das glândulas mamárias. Esta a técnica se adapta bem para todos os tipos de corpo e o resultado proporcionado é de seios bem volumosos e com o colo marcado.

Já a prótese submuscular (implante por baixo do músculo) é colocada entre os músculos da mama e a parede do tórax. Este procedimento é indicado para pacientes quem têm pouco volume nos seios, uma vez que não há tecido suficiente para que o outro método seja usado.

A escolha pelo implante mamário por cima ou por baixo do músculo deve ser feita pelo médico cirurgião após avaliação, uma vez que serão considerados aspectos físicos como espessura da pele, tamanho do tórax e das mamas.

Prótese de Silicone - Por cima ou por baixo do Músculo? 1
Silicone por cima do músculo

Prótese Submuscular, quando é indicada?

Há casos específicos que requerem esse tipo de técnica, por exemplo: quando a paciente tem muito pouco tecido e o implante mamário pode acabar comprometer a sua estética corporal, fazendo, assim, com que perca a naturalidade.

Também podemos citar como indicação para a implantação submuscular, quando a paciente possui forte histórico de câncer de mama na família, uma vez que com esta técnica não é necessário remover a prótese.

Além disso, quando implantando abaixo do músculo, a prótese torna-se menos evidente do que quando adotada a técnica subglandular, resultando em um aspecto muito natural.

Faça sua consulta com o Cirurgião Plástico e avalie qual método que mais se adequa ao seu caso.

Silicone por baixo do músculo
Quando colocar silicone por baixo?

Prótese subglandular, quando é indicada?

Esta é a técnica mais utilizada e, inclusive, a mais solicitada pelas pacientes.

O silicone por cima do músculo resulta em um colo mais marcado, propiciando o decote sonhado pela maioria das mulheres que desejam aumentar o volume dos seios.

A cirurgia com essa técnica, de uma forma geral, é mais tranquila, pois o local onde a prótese de silicone vai ficar é de mais fácil acesso e o procedimento costuma causar menos incômodo durante o período pós-operatório, uma vez que o inchaço na região é menor.

O resultado é um procedimento mais rápido e com riscos bastante pequenos de alguma complicação, como a formação de hematomas.

Colocar Silicone por cima ou por baixo do músculo?

Esta dúvida comum quando a paciente chega para a primeira consulta. Veja no vídeo o que o Dr. Marco Cassol diz a respeito.

Prótese por cima ou por baixo? Assista o vídeo.

Esta decisão depende do que a paciente deseja como resultado do seu procedimento.

A prótese submuscular (quando o implante é feito embaixo do músculo) cobre somente a parte superior da mama, onde a parte inferior continua sem músculo embaixo.

Este procedimento normalmente é indicado para pacientes muito magras e com a mama muito pequena, para pacientes que já tiveram um retração capsular, assim como para obtenção de resultados mais naturais, onde a mama não fica tão marcada pelo implante da prótese.

Leia também: Próteses de Silicone – Lisa, Poliuretano ou Texturizada?

Porém, o método mais comum de implante de próteses é o subglandular (implante por cima do músculo).

Este procedimento proporciona um resultado com maior projeção da mama, tem pós-operatório menos desconfortável e o processo de recuperação é muito mais rápido, permitindo à paciente mobilizar a prótese mais precocemente.

Vale ressaltar que não existe um método ideal de implanta para rodas as pacientes. Cada uma deve ser analisada na particularidade da sua anatomia corporal.

Leia: Diferença entre perfil alto e super alto

Compartilhe :

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram